Saturday, June 27, 2009

Por perto

por certo há momentos insanos
nesta harmonia plácida
e inconcebível,
por certo rosas negras e
sábados de sangue serão
metáforas alucinadas
de uma viagem sem volta
à qual não fui.
por certo metonímias e
outros macetes linguísticos
preencherão minha retórica(de merda)
de riqueza de detalhes
inúteis.
por certo há poesia
em meu desespero de encontrar palavras
que traduzam o que sinto
...por perto há poesia!

1 comment:

Danilo MM said...

E as vezes ela dá um jeito de escapar.