Sunday, November 29, 2009

Longe

Estou longe do centro,
longe de mim,
você não está
e me faz muita falta.

Estou longe do meio,
longe de tudo,
você não está
e tenho medo....de tudo

Estou longe de mim
porque você não está
e fico assim
sem palavras
num silêncio constrangedor
e repetitivo,
uma ausência consentida
e maldita,
necessária e aflita.

Estou longe de mim
porque você não está aqui...
e não posso ser eu
sem você aqui.

2 comments:

PQNA said...

obrigada por visitar meu blog...
e o seu tbm é muito legal, lindas palavras
parabens
abços

Danilo MM said...

É estranho ouvir falar de "ausência necessária" e isto fazer tanto sentido